Jorge Jesus aponta culpado por saída do Fla e não descarta volta


Passados mais de dois meses da saída de Jorge Jesus do Flamengo, o português ainda tem dado o que falar no futebol brasileiro. O que nunca ficou claro na cabeça dos flamenguistas foi o porquê do Mister ter deixado o comando do Mais Querido. Para a emissora “TVI”, de Portugal, o técnico citou a pandemia como o principal motivo. Além disso, ressaltou o projeto que o presidente do Benfica lhe apresentou.


– Houve fatores que fizeram que tomasse esta decisão. Primeiro, a pandemia. Segundo, o projeto que o presidente do Benfica me apresentou. Trabalhei seis anos com ele, é o presidente que melhor me conhece e o presidente que melhor conheço. Me apresentou um projeto vencedor, de dimensão elevada. Achava que ficaria mais um ano no Brasil e só ele é quem podia me convencer


Jesus ainda lembrou da ambição de conquistar o Mundial de Clubes, feito que ficou perto de conseguir com o Flamengo em 2019. Sobre a possibilidade de sair de Portugal novamente, ele afirmou que “nunca se sabe” e deixou o futuro em aberto.


– Me falta ganhar uma Champions e ser campeão do mundo. Com o Flamengo foi por pouco, perdemos a final com o Liverpool. Nunca mais esquecerei o Brasil. E não posso dizer, hoje, que vou acabar a carreira em Portugal. Se ainda vou para o estrangeiro outra vez? É a minha vida, a minha carreira, nunca se sabe.


Em 57 jogos no comando do Fla, Jesus obteve 43 vitórias, 10 empates e apenas quatro derrotas. Nesse ínterim conquistou Libertadores (2019), Brasileirão (2019), Recopa Sul-Americana (2020), Supercopa do Brasil (2020) e Campeonato Carioca (2020).


Fonte: Coluna do Fla

Nenhum comentário:

Postar um comentário