Palmeiras poderá pedir suspensão do Brasileirão se o jogo contra o Flamengo realmente for adiado


O Tribunal Regional de Trabalho do Rio de Janeiro decidiu que a partida entre Palmeiras e Flamengo não será realizada na tarde deste domingo (27), porém, o presidente do Verdão deu uma entrevista ao Globo Esporte e discordou do juiz.


Maurício Galliotte avisou que o Palmeiras não concorda com o adiamento do jogo pelo Campeonato Brasileiro e avisou: “Se o protocolo atual não for respeitado, o campeonato tem de ser paralisado“.



O Tribunal Regional de Trabalho do Rio de Janeiro decidiu que a partida entre Palmeiras e Flamengo não será realizada na tarde deste domingo (27), porém, o presidente do Verdão deu uma entrevista ao Globo Esporte e discordou do juiz.


Maurício Galliotte avisou que o Palmeiras não concorda com o adiamento do jogo pelo Campeonato Brasileiro e avisou: “Se o protocolo atual não for respeitado, o campeonato tem de ser paralisado“.



A partida estava marcada para as 16 horas no Allianz Parque pela 12ª rodada do Brasileirão, mas foi suspensa após o pedido do Sindiclubes do Rio ser atendido.


O Palmeiras tem se mostrado contrário ao adiamento do jogo desde o início, enquanto o Flamengo alega que há um surto de Covid-19 no clube e não tem como disputar essa rodada do campeonato. O Rubro-Negro convocou vários jovens da base para completar o elenco, caso a partida realmente venha a acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário